quinta-feira, 19 de abril de 2007

PASCAL (2)

Pensamentos
(Blaise Pascal)



396 – Duas coisas instruem o homem acerca de sua natureza: o instinto e a experiência.

411 – Malgrado a visão de todas as misérias que nos tocam, que nos pegam pela garganta, temos um instinto que não podemos reprimir, que nos eleva.

414 – Os homens são tão necessariamente loucos que seria ser louco (outro tipo de loucura) não ser louco.

420 – Se ele se gaba, rebaixo-o; se ele se rebaixa, gabo-o; contradigo-o sempre até que compreenda que é um monstro incompreensível.


PASCAL, Blaise Pensamentos. Tradução de Sérgio Milliet. São Paulo: Nova Cultural, 1988.

Sobre Pascal (1623-1662) procurar:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Blaise_Pascal

3 comentários:

Irlanda disse...

Me encanta su blog. Enhorabuena

Alessandra disse...

instinto que nos poem a perder e, ao mesmo tempo, nos salva!

Alessandra disse...

me encanta , me salva a loucura!