domingo, 1 de julho de 2007

MARIO QUINTANA (2)

DA CONDIÇÃO HUMANA
(Mario Quintana)

Se variam na casca, idêntico é o miolo,
Julguem-se embora de diversa trama;
Ninguém mais se parece a um verdadeiro tolo
Que o mais sutil dos sábios quando ama.


DA ETERNA PROCURA
(Mario Quintana)

Só o desejo inquieto, que não passa,
Faz o encanto da coisa desejada...
E terminamos desdenhando a caça
Pela doida aventura da caçada.


QUINTANA, Mario Quintana de Bolso. Porto Alegre: L&PM, 1997.

2 comentários:

un dress disse...

certíssimo... !!


apuradíssimo!!





abraÇo:)

serenidade disse...

Bem,
nem sei como comentar... faz-nos pensar e muito em como estamos a viver...

Serenos sorrisos.